Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Apresentação

O Curso de Licenciatura em Educação Física da Faculdade de Educação Física (FEF) do Instituto de Ciências da Educação (ICED) foi criado em 2006, e, em sua origem, possuía o Núcleo Docente Estruturante (NDE) formado por seis (06) professores de Educação Física. Com efeito, tais docentes também estão na origem do primeiro Curso de Licenciatura da UFPA, que teve como sede o município de Castanhal em 2000, ali permanecendo até o ano de 2005, quando, a partir de avaliações ocorridas ao longo do curso, identificou-se que os discentes ingressantes eram, em sua maioria, oriundos de Belém e que, como egressos, retornavam ao seu município de origem, deixando, assim, o município sede e adjacências com uma demanda reprimida.

Tal constatação levou o grupo de docentes lotados em Belém a criarem um novo Curso de Licenciatura em Educação Física, no referido município. Hoje, o Curso de Licenciatura em Educação Física da FEF é composto por dez (10) docentes, sendo três (03) Doutores, cinco (05) Doutorandos, e dois (02) Mestres. Com a realização do Concurso Público para provimento do cargo de Professor Adjunto, Edital 91/2015, o corpo docente será ampliado com dois novos doutores, a serem contratados em janeiro de 2016, qualificando mais ainda o Curso. 

OBJETIVOS DO CURSO
Geral:

Formar professores de Educação Física capacitados teórica, técnica e politicamente, para atuação junto à sociedade no que tange à educação e à produção do conhecimento nas áreas das práticas de cultura corporal, cultura do movimento e corporeidade, por meio de uma postura crítico-construtiva comprometida com o processo de transformação social, guardando os princípios de justiça social, solidariedade, igualdade e humanidade, sendo capaz de: reconhecer a escola como um local de socialização de conhecimento historicamente construído e sistematizado, de pesquisa e de projetos de extensão, utilizando-se desse espaço para o projeto de uma sociedade justa, livre e de uma nação democrática e soberana colaborando para a formação do cidadão crítico-criativo; identificar as concepções de corpo que estão presentes nas relações sociais do homem moderno, que de forma direta ou indireta, interferem nas relações humanas na sociedade contemporânea; efetuar uma leitura crítica das práticas corporais próprias da realidade brasileira e amazônica, na busca da identificação de valores, crenças, normas de comportamentos e ideologias que se traduzem em técnicas corporais, num processo de superação do senso comum, com vista à constituição do conhecimento que oriente uma práxis pedagógica da Educação Física engajada histórica e socialmente.

Específicos:
a) Reconhecer a Educação Física enquanto disciplina curricular preocupada em desenvolver conhecimento em temas que versem sobre jogos, esportes, ginásticas, danças, lutas e práticas corporais de lazer;
b) Elaborar propostas em Educação Física que respeitem as possibilidades corporais de seus participantes, tendo como meta o corpo possível e não o corpo perfeito;
c) Discutir, analisar e elaborar princípios de inter e transdisciplinaridade em Educação Física, bem como facilitar a participação da disciplina Educação Física em projetos inter e transdisciplinares, tanto no âmbito escolar como em projetos de políticas públicas e em espaços não-escolares;
d) Planejar, executar e avaliar, de forma coerente e respeitando o desenvolvimento dos alunos, o conhecimento afeto à área da Educação Física, segundo as diversas formas e concepções pedagógicas;
e) Analisar a realidade social e nela atuar como agente de transformação no âmbito dos estados atuais e emergentes da cultura corporal, balizados por valores éticos e sociais, próprios de uma sociedade plural e democrática;
f) Assessorar, discutir e operacionalizar políticas públicas e institucionais e de inserir-se em equipes multidisciplinares nos campos da saúde, educação e cultura,
g) Acompanhar as transformações acadêmico-científicas da Educação Física e áreas afins, que contribuam para a socialização de conhecimentos e que dominem os recursos tecnológicos para ampliar e diversificar as formas de intervenção profissional e
h) Desenvolver projetos e programas comunitários que incentivem a prática de atividades físicas e a adoção de estilos de vida fisicamente ativos, para todos os grupos sociais.

PERFIL DO DO EGRESSO
Ao longo do curso incorporará o hábito do estudo e da pesquisa de forma sistemática, aplicando o conhecimento adquirido por meio desse hábito em projetos de extensão, com objetivos de intervenção e investigação da realidade social brasileira.

Possuirá a competência técnica e a habilidade necessária à elaboração, execução e avaliação de programas de atividades físicas e esportivas aos vários segmentos sociais, bem como de programar atividades esportivas, lúdicas, de lazer e competitivas, será determinante para lhe aumentar as perspectivas em termos de mercado de trabalho e para sobreviver num mundo globalizado e altamente competitivo.

O profissional manifestará atitudes críticas e transformadoras, com criatividade para enfrentar os desafios provocados pelas mudanças na sociedade e também para fomentar a sua inovação, criando por si próprio novas oportunidades de intervenção, além de ser capaz de avaliar sua postura frente às novas demandas da sociedade, manifestando a preocupação de satisfazer as exigências atuais e futuras de sua área de trabalho.

COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS E HABILIDADES
O licenciado em Educação Física deverá:
ter sólida formação nas áreas de conhecimentos que formam a identidade do curso, que o capacite para compreensão, análise, transmissão e aplicação dos conhecimentos da Cultura Corporal, Cultura do Movimento e Corporeidade, e o exercício profissional em Educação Física com competências decorrentes das relações com a pesquisa e a prática social;
estar capacitado para intervir em todas as dimensões de seu campo, o que supõe pleno domínio da natureza do conhecimento da Educação Física e das práticas essenciais de sua produção e socialização e de competências técnico-instrumental a partir de uma atitude crítico-reflexiva;
atuar em atividades físicas, preocupado com o modo de aquisição e controle do movimento trabalhando fatores fisiológicos, psicológicos e sócio-culturais;
ter como responsabilidade disseminar e aplicar conhecimentos teóricos e práticos sobre a Cultura Corporal, Cultura do Movimento e Corporeidade, devendo analisar esses significados na relação dinâmica entre o ser humano e o meio ambiente;
ser conhecedor das diversas manifestações e expressões das Atividades Físicas presentes na sociedade, considerando o contexto histórico-cultural, as características regionais e os diferentes interesses e necessidades identificadas com o campo de atuação profissional com competências e capacidades de planejar, programar, coordenar, supervisionar, dirigir, dinamizar e executar serviços, programas, planos e projetos, bem como realizar auditorias, consultorias, treinamentos especializados, participar de equipes multidisciplinares e interdisciplinares, informes técnicos, científicos e pedagógicos, todos nas áreas da atividade física, do desporto e afins;
dominar um conjunto de competências de natureza técnico-instrumental, humana e político-social, nas dimensões que privilegiam o saber, o saber aprender, o saber pensar, o saber fazer, o saber conviver e o saber ser, para atuar nos campos identificados com as diferentes manifestações e expressões da Cultura Corporal, Cultura do Movimento e Corporeidade.

CARACTERÍSTICAS GERAIS DO CURSO
Nome do Curso: Educação Física - Licenciatura
Forma de ingresso: Processo Seletivo- vestibular e ENEM, com entrada anual, no segundo período do primeiro semestre letivo
Carga horária: 3.107 (três mil cento e sete horas)
Regime AcadêmicoSeriado semestral
Modalidade de oferta: Presencial (Segundo o Art. 9o, do Regulamento do Ensino de Graduação da UFPA, as atividades serão desenvolvidas concomitantemente, em horários distintos, ao longo do período letivo).
Número de vagas ofertadas por turma: 46 vagas 
Formas de oferta das disciplinas: Paralela
Título conferidoLicenciado em Educação Física
Turnos de funcionamento: Diurno (matutino e vespertino- alternando-os a cada ano)
Local de ofertaCidade Universitária José da Silveira Netto
Duração: mínimo de 8 semestres e máximo de 12 semestres.
Períodos letivos: segundo e quarto (extensivos).
Campo de Atuação do egresso: atuará na docência na Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio), nos espaços não-escolares (academias, clubes, centros populares, hospitais) bem como em espaços de gestão do esporte e lazer.
Atos normativos do curso: Resolução CONSEPE n 2664, de 16/09/1999, publicada em 16/09/1999; Portaria de Reconhecimento do MEC: aguardando a portaria do MEC. O Curso foi avaliado pela Comissão do MEC, que visitou a Faculdade no período de 21/11/2010 a 24/11/2010, obtendo como resultado da avaliação, considerando os referenciais de qualidade dispostos na legislação vigente, nas diretrizes da Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior - CONAES e no instrumento de avaliação utilizado, o Curso de Licenciatura em Educação Física da UFPA apresentou um perfil bom de qualidade, CONCEITO FINAL 4.
Avaliação externa: Último ENADE: 2007.

Fim do conteúdo da página